Home / Aviação / Como se tornar um agente de viagens: cursos, vagas e salário
Como trabalhar como agente de viagens | CC

Como se tornar um agente de viagens: cursos, vagas e salário

Essa é a profissão ideal para quem ama tudo o que está relacionado a viagens e quer utilizar esse potencial para ganhar dinheiro

Viajar é algo maravilhoso. É difícil encontrar alguém que não gosta de conhecer lugares incríveis, hotéis maravilhosos, culinárias irresistíveis e novas culturas. Acontece que tudo isso ainda pode ser pouco para nós, que temos paixão por viagens.

Nesse caso, trabalhar como agente de viagens é a melhor opção, já que ao invés de nos relacionarmos com o assunto apenas quando surge a oportunidade de viajar, ele fará parte do nosso cotidiano.

Existem algumas etapas que devem ser cumpridas para ser um agente de viagens, mas pode ter certeza que todas elas valem a pena para realizarmos esse sonho de trabalhar com o que amamos!

Vagas na LATAM: como encontrar vagas de emprego na Aviação

Passo a passo para se tornar um agente de viagens

A trajetória pode ser um pouquinho longa, mas cada passo compensa para ter a oportunidade de trabalhar em um ramo tão bacana!

1 – Definir o real desejo de trabalhar como agente de viagens

Antes de mais nada, é preciso parar e pensar se nós realmente queremos trabalhar com isso. Nossa intenção não é de desencorajar ninguém, é claro, mas essa é uma questão importante a se pensar.

Sabe aquela história que diz que nós podemos amar uma música, mas não devemos colocá-la como despertador, senão vamos deixar de gostar tanto? Então, o princípio é mais ou menos o mesmo.

Planejar uma viagem própria, com a família ou os amigos, é um pouco diferente de montar um roteiro de viagem para outras pessoas. Esse é um prato cheio para quem realmente gosta do assunto, mas pode espantar quem não tem tanta paixão.

Depois de fazer uma análise e perceber que realmente nos entendemos com o assunto e queremos fazer dele nossa fonte de renda, sem o receio de perder a vontade de viajar, é só ir para o próximo passo!

2 – Estudar bastante

Muito se engana quem pensa que os agentes de viagens não precisam estudar. Na verdade, é totalmente o oposto!

É preciso ter vários conhecimentos para ser um bom agente de viagens. Primeiro, é importante ser bom em geografia, para não tomar um baile dos clientes quando eles disserem que querem um roteiro para o norte da Europa ou a Ásia Ocidental.

Se comunicar bem também é fundamental para manter um relacionamento bacana com os clientes, fornecedores e empresas parceiras, já que as ligações, e-mails e mensagens farão parte do dia a dia.

A organização é outro ponto que pode fazer toda a diferença, já que os clientes procuram os agentes de viagens justamente para não terem que quebrar a cabeça na hora de montar o roteiro da viagem.

O conhecimento de outros idiomas, em especial inglês e espanhol, é essencial para conseguir conversar com o gerente daquele hotel ou para comprar os ingressos das principais atrações de cada cidade.

Enfim, o agente de viagens precisa estudar bastante para prestar um atendimento de primeira qualidade aos clientes.

3 – Fazer um curso da área de turismo

Além dos conhecimentos mais gerais, todos os cursos da área de turismo podem nos ajudar muito a ser um bom agente de viagens, seja ele um curso profissionalizante, técnico ou de ensino superior.

Para quem quer começar logo, um curso de agente de viagens de caráter profissionalizante, que é mais curto, já ajuda muito a ter um panorama sobre o assunto e saber onde procurar as informações mais importantes.

Já para quem tem mais tempo, um técnico em guia de turismo ou até uma faculdade de gestão de turismo são ótimas pedidas, que além de ajudar a saber como se virar, garantirão aqueles pontos positivos na hora de competir por uma vaga.

4 – Procurar um emprego da área

Depois da parte teórica, vem a prática, que é de tentar conseguir um emprego como agente de viagens.

Geralmente, a porta de entrada para quem quer se aventurar nessa área é ser assistente de agência de turismo, ou seja, o profissional que ajudará o agente de turismo em todas as suas atividades.

Depois de algum tempo na função e de demonstrar um bom desempenho, então será possível se tornar um agente de agência de turismo e, quem sabe, ter a oportunidade de ajudar um novo auxiliar a realizar o seu sonho.

Há outros cargos que fazem parte da hierarquia, como analista, supervisor e gerente de agência de viagens, que serão conquistados pelo desempenho um bom trabalho.

Vagas e empregos na Aviação

Quanto ganha um agente de viagens?

Além do amor pelas viagens, é claro que a remuneração também nos interessa, e esse é um ponto bem bacana da área.

De acordo com sites de vagas de emprego, a média salarial desses profissionais pode variar de R$ 1.250 a R$ 1.800, que aumenta de acordo com o seu nível hierárquico dentro da empresa.

Cada agência de turismo pode oferecer salários diferentes de acordo com a região, sazonalidade e demais variações, assim como também acontece com as outras áreas.

Um ponto interessante da remuneração é que os agentes de viagens costumam receber um salário fixo e mais as comissões pelas vendas que fizerem, mais ou menos da mesma maneira que acontece com um vendedor.

As comissões vêm da reserva de quartos de hotel, da aquisição de passagens de avião e até mesmo da compra de ingressos de pontos turísticos, ou seja, oportunidades não faltam para complementar a renda.

Outro detalhe bastante importante é que o profissional pode trabalhar para uma agência até obter uma boa experiência da área. Então, quando se sentir preparado, pode dar um passo adiante e trabalhar como agente de viagens independente.

Nesse caso, ele poderá ser o chefe da sua empresa, o que também é um grande sonho para muitas pessoas.

Ah, faltou falar de algo muito importante: além da remuneração e das comissões, é possível que o agente de viagens seja convidado por hotéis, pousadas, resorts e demais estabelecimentos para conhecê-los, e o melhor, sem ter que pagar pela estadia.

Assim, além de poder explicar com maior riqueza de detalhes sobre a hospedagem e o turismo daquela região em específico, nós ainda poderemos ganhar o agrado de viajar de graça!

Quanto ganha uma aeromoça: salário do comissário de voo

Trabalhe como agente de viagens!

Depois de saber de todas essas informações e dos ótimos benefícios que a carreira de agente de viagens pode oferecer, nosso interesse aumenta ainda mais, não é mesmo?

Por isso, o melhor a se fazer é não perder mais tempo, estudar para aprender cada vez mais, investir em cursos online e se empenhar muito para ser o mais novo agente de viagens do pedaço!

Assessoria de Imprensa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*