Início / Viagens / Novidades para emissão de Visto para o Canadá

Novidades para emissão de Visto para o Canadá

O governo canadense aproveitou o Rendez-vous para fazer um anúncio que pode mudar radicalmente a relação do país com os mercados internacionais. Trata-se da Electronic Travel Authorization (ETA), um projeto baseado na desburocratização da emissão do visto canadense.

A implementação do sistema eletrônico é uma realidade, mas deve começar a gerar resultados efetivos apenas a partir de março do próximo ano (2016), por conta de uma série de análises que ainda estão em andamento. A implementação deve ocorrer de forma fragmentada, com prioridade aos mercados que já iniciaram diálogo sobre a tecnologia.

“A ETA é uma novidade que possibilita ao viajante realizar, em instantes, todo o requerimento exigido pelo governo canadense para entrada no país. Será cobrado apenas sete dólares canadenses por autorização e ela terá validade de cinco anos. Estamos dando um passo importantíssimo para continuar desenvolvendo o Canadá como um destino de qualidade e fácil acesso”, declarou o ministro de Cidadania e Imigração do país, Chris Alexander.

– Visto Canadá: como tirar passo-a-passo?

COMO FUNCIONA?

A Autorização Eletrônica de Viagem será destinada a estrangeiros (com exceção dos cidadãos norte-americanos) que pretendem visitar o país por via aérea e que já emitiram o visto canadense ou norte-americano ao menos uma vez nos últimos dez anos.

De forma prática, a grande vantagem será não ter de passar pelo processo de solicitação de visto pela segunda vez, além do fato de poder utilizar o visto norte-americano para solicitar a autorização de viagem para o Canadá. Vale informar, porém, que a ETA é válida apenas para viajantes a lazer ou negócios. Vistos para estudos ou trabalho seguem com o mesmo procedimento.

“A não exigência de visto não é uma realidade para nós, já que prezamos pela segurança dos cidadãos canadenses. De qualquer forma, estamos abrindo a possibilidade para mercados importantes, como México e Brasil, incrementarem ainda mais a visitação ao Canadá”, completou Alexander, sinalizando que México será um dos primeiros países a observar a implementação do sistema. Bulgaria e Romênia também estão na lista.

Mais informações sobre o Electronic Travel Authorization no site http://www.canada.ca/en/.

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*