Início / Empregos / Vagas para Piloto de Helicóptero – BHS Helicópteros

Vagas para Piloto de Helicóptero – BHS Helicópteros

A empresa tem base em Macaé, no Rio de Janeiro e está selecionando piloto de helicóptero e co-piloto de helicóptero.

Além de oportunidade para a área de Manutenção Aeronáutica, a BHS Helicópteros também está recrutando profissionais para assumirem os cargos de piloto e co-piloto da frota de helicópteros da empresa.

A empresa transporta pessoas e equipamentos que apoiam a indústria de óleo e gás nas atividades em alto mar (offshore) ou em terra (onshore) como também nos serviços de busca e salvamento , transportando enfermos para atendimento médico, através de um serviço eficiente e com alto padrão de segurança realizado com modernas aeronaves. 

Este é um negócio de alto valor agregado e construído com bases sólidas através de um forte espírito de equipe dentro da empresa.

A BHS, o braço brasileiro das Operações de Helicóptero da CHC, está recrutando co-pilotos e pilotos!

Confira mais informações das vagas:

CO-PILOTO DE HELICÓPTERO

PRINCIPAL RESPONSABILIDADE DO CARGO: Auxiliar o Comandante na operação do vôo.

RESPONSABILIDADES EM GERAL: (Mencionar responsabilidades sobre pessoas/ equipes, processos internos, atividades externas, relacionamento com clientes, decisões estratégicas, etc…)

Responsabilidades-Chave:

  • O Co-piloto é o segundo em comando da aeronave e auxilia o comandante na sua operação, e tem ainda, as seguintes atribuições, dentre outras
  • Manter válidos seus CHT e CCF concordantes com sua função a bordo (RBHA 135.242)
  • Preparar e executar o vôo, de forma concordante com as políticas, diretrizes e procedimentos da BHS
  • Reportar ao comandante do vôo as ocorrências que possam influir na qualidade das operações da empresa
  • Assegurar-se de que possui todas as informações relevantes relacionadas ao tipo de aeronave a ser operada e vôo a ser realizado
  • Executar as tarefas a ele conferidas pelo comandante do vôo
  • Conduzir o vôo, assegurando-se quando nos comandos da aeronave de que a segurança do vôo está mantida
  • Assegurar-se de que o comandante do vôo está ciente de suas intenções, quando for executar alguma manobra, através de um briefing
  • Manter-se tecnicamente atualizado
  • Cooperar com o comandante do vôo, de maneira profissional e pro-ativa na condução do vôo
  • Garantir de que as medidas tomadas com relação à realização do vôo estejam concordantes
  • Evitar comentários sobre qualquer assunto relativo à empresa na presença de elementos estranhos
  • Cumprir com aproveitamento o programa de treinamento aceito para função a bordo, especialmente os requeridos para tripulante voando em operações Off-shoreResponsabilidades de impacto para a Segurança da empresa:
  • Tomar todas as medidas necessárias para assegurar a Segurança de Vôo, contribuindo para o indicador de desempenho operacional: acidente zero.Responsabilidades de impacto Financeiro na empresa:
  • Zelar pelo patrimônio da empresa, evitando quaisquer dano à aeronave e assessorando o Comandante para um eficaz planejamento dos voo.QUALIFICAÇÕES E COMPETÊNCIAS: Competências e Conhecimentos Técnicos necessários (Graduações, Cursos e Treinamentos Especiais, Conhecimentos de Informática, Habilidades em Geral, etc…):
  • Possuir licença de piloto de comercial (PCH)
  • Habilitação IFR Prático para helicopteros ou IFR teórico para ingresso no Programa Co-piloto Jr
  • Qualificado para o tipo de aeronave (S76, S92, EC225 – desejável)
  • Tenha pelo menos 500hrs horas totais de vôo como piloto de helicopteros, incluindo um mínimo de 100 horas de vôo como PiC ou ter completado dois (02) anos na função de Co-piloto JR na BHS
  • Ter cumprido com aproveitamento o programa de treinamento da BHS para a função a bordo.
  • Deve ser um Nacional do Brasil (Must be a Brazilian National)Competências Comportamentais necessárias (Características de Comportamento Pessoal):
  • Forte Relacionamento Interpessoal
  • Habilidade de Comunicação
  • Apresentação em PúblicoIdiomas Necessários (Preencher somente se alguma proficiência no idioma for necessária):
  • Inglês: Intermediário ( requisito ICAO desejável )

Clique aqui para enviar o seu currículo.

COMANDANTE – PILOTO DE HELICÓPTERO

PRINCIPAL RESPONSABILIDADE DO CARGO: O Comandante é o piloto a bordo, responsável pela operação e segurança da aeronave – exerce a autoridade que a legislação aeronáutica lhe atribui.

RESPONSABILIDADES EM GERAL:

Responsabilidades-Chave:

  • Manter válidos seus CHT e CCF concordantes com sua função a bordo (RBHA 135.242)
  • Exercer a autoridade de comando como descrito no CBAer e no RBHA 135
  • Notificar os tripulantes de eventuais alterações nos vôos
  • Promover e obter uma tripulação cooperativa e pró – ativa no que se refere à segurança do vôo
  • Preparar e executar o vôo, de forma concordante com as políticas, diretrizes e procedimentos da BHS
  • Reportar à Chefia de Pilotos sobre ocorrências que venham afetar a qualidade das operações da empresa
  • Assegurar-se de que possui todas as informações relevantes relacionadas ao tipo de aeronave a ser operada e ao vôo a ser realizado
  • Coordenar a preparação do vôo e assegurar-se de que todos os aspectos relevantes tenham sido examinados
  • Assegurar-se de que a aeronave está em condições normais de aeronavegabilidade e que todos os tripulantes estão com a documentação em dia (CHT/CCF)
  • Definir as atividades da tripulação quanto à condução do vôo (PF – Pilot Flying e PNF – Pilot Not Flying)
  • Gerenciar o vôo de modo a assegurar que a tripulação está ciente das intenções a serem tomadas pelo piloto que está nos comandos da aeronave
  • Garantir a aplicação correta dos briefings antes de cada fase importante do vôo
  • Assegurar de que os procedimentos operacionais da BHS estão sendo corretamente cumpridos
  • Tomar todas as medidas que possam melhorar a eficiência e conforto do vôo, sem afetar a segurança
  • Tomar todas as medidas necessárias para assegurar a segurança de vôo
  • Conhecer os Manuias pertinentes a sua função bem como as Especificações Operativas da empresa
  • Receber a aeronave, na passagem de serviço e fazer um briefing com toda a tripulação e o pessoal da manutenção responsável pela aeronave quanto aos assuntos que envolvam manutenção da mesma
  • Conhecer todos os assuntos relativos à operação, aeronave, normas operativas da BHS e estimular que a tripulação também adquira este conhecimento para fins de melhor gerenciamento dos recursos durante a missão
  • Estimular os tripulantes a participarem ativamente do vôo, com a finalidade de aumentar a sua segurança, especialmente em operações mais críticas, como operações em navios e unidades marítimas quando em situações adversas
  • Assegurar o conhecimento e informações, durante a preparação do vôo de que todas as variáveis daquele vôo (meteorologia do local de partida, rota e local de chegada, combustível correto para o vôo, ter as coordenadas geográficas corretas do local de destino, etc) evitando assim situações que possam comprometer a segurança do vôo
  • Evitar comentários sobre qualquer assunto relativo à empresa na presença de elementos estranhos à mesma
  • Assegurar-se na passagem de serviço de que seu substituto está ciente de todas as informações relativas à aeronave e a operação
  • Assegurar de que haverá a divisão na operação do vôo, sempre que a segurança do vôo não for afetada, cabendo ao mesmo definir quando
  • Nos casos de situações de emergência, definir quem estará conduzindo a aeronave e quem estará cumprindo o checklist
  • Assegurar que nenhuma atividade ou nenhuma fase do vôo será conduzida sem que tenha sido cumprido o checklist apropriado
  • Assegurar-se de que a coordenação de vôo está ciente de seu vôo
  • Supervisionar rigorosamente a condução do vôo, independente de quem esteja conduzindo o mesmo
  • Garantir o alerta situacional da tripulação
  • Assegurar-se de que toda a aproximação seja estabilizada
  • Garantir que haja um briefing, quando estiver em operações críticas, tais como: decolagens com alta altitude densidade, pouco vento, peso de decolagem próxima do limite, trajetória de decolagem comprometida pela posição de obstáculos e direção do vento, aproximações para navios e unidades marítimas, operação em condições IMC, etc.
  • Garantir que não haja violações operacionais em nenhuma hipótese, exceto em situações em que haja risco para a segurança
  • Cumprir com aproveitamento o programa de treinamento aceito para função a bordo, especialmente os requeridos para tripulante voando em operações Off-shoreResponsabilidades de impacto para a Segurança da empresa:
  • Tomar todas as medidas necessárias para assegurar a Segurança de Vôo, contribuindo para o indicador de desempenho operacional: acidente zero.Responsabilidades de impacto Financeiro na empresa:
  • Zelar pelo patrimônio da empresa, evitando quaisquer dano à aeronave e planejar efeicientemente as atividades relacionadas com as operações de voo.QUALIFICAÇÕES E COMPETÊNCIAS: Competências e Conhecimentos Técnicos necessários (Graduações, Cursos e Treinamentos Especiais, Conhecimentos de Informática, Habilidades em Geral, etc…):
  • Possuir licença de piloto de linha aérea (PLAH)
  • Habilitação IFR para helicopteros
  • Qualificado para o tipo de aeronave (S76, S92, EC225 – desejável)
  • Tenha pelo menos 2000 horas totais de vôo como piloto de helicópteros, incluindo um mínimo de 1000 horas como Comandante sendo 500 horas de vôo como Comandante de bi-turbina
  • Ter cumprido com aproveitamento o programa de treinamneto da BHS para a função a bordo
  • Deve ser um Nacional do Brasil (Must be a Brazilian National)Competências Comportamentais necessárias (Características de Comportamento Pessoal):
  • Forte Relacionamento Interpessoal
  • Habilidade de Comunicação
  • Apresentação em PúblicoIdiomas Necessários (Preencher somente se alguma proficiência no idioma for necessária):
  • Inglês: Intermediário (requisito ICAO nível 4 desejável)

Clique aqui para enviar o seu currículo.

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*