Início / Empregos / Testes de Seleção / Trabalhar na TAM – como trabalhar na TAM?

Trabalhar na TAM – como trabalhar na TAM?

Todo detalhe será fundamental para garantir o seu espaço na aviação civil. Vamos continuar a falar sobre a dinâmica de grupo para comissários na TAM Linhas Aéreas. Esta fase é dividida em três partes.

Após preencherem seus nomes nas etiquetas e a colarem na mesa, os candidatos deverão ler um texto que os confrontarão com a reclamação de passageiros.

ATENÇÃO: Cada candidato deverá ler somente um parágrafo do texto em questão, portanto, capriche na voz, não fale alto, nem baixo. Pronuncie bem as palavras e à medida que for lendo olhe para as pessoas, e não somente para o texto. Leia nosso artigo “10 dicas de como falar melhor em público“.

Outra dica fundamental é em relação à postura, ou seja, sente-se corretamente, cruze as pernas corretamente, mantenha mãos acima das coxas, ou ainda uma sobre a outra, etc.

Em relação ao texto, poderão ser apresentadas diversas situações, sempre relacionando QUALIDADE NO ATENDIMENTO X SEGURANÇA DE VOO. Confira aqui diversas informações sobre Segurança de Voo.

A TAM é uma empresa que preza muito pela excelência no atendimento e relacionamento com seus diversos públicos, sendo uma empresa reconhecida por este valor de colocar o cliente em primeiro lugar. A filosofia da empresa é clara quanto a isso ao expor sua política com seus clientes:

 FILOSOFIA – Nossa política

1ª Regra: O cliente sempre tem razão

2ª Regra: Se o cliente alguma vez estiver errado, releia a 1ª regra.

No entanto, o terceiro mandamento da empresa diz que “mais importante que o cliente é a segurança”, ou seja, a empresa realmente valoriza e faz de tudo ao seu cliente, até o ponto onde não prejudique a segurança de voo.

Uma reclamação, por exemplo, é a seguinte: durante o speech inicial sobre as instruções de segurança e emergência um passageiro relatou que havia crianças correndo e brincando no corredor da aeronave, atrapalhando passageiros interessados nas informações dadas pelo comissário de vôo, prejudicando assim a segurança de todos a bordo.

Em uma situação como esta, o cliente, sem dúvida, tem toda a razão de ter reclamado. Agora, é preciso entender o que houve de errado nesta situação. O ponto que destacamos é que faltou o “trabalho em equipe” da tripulação como um todo. Ou seja, toda tripulação deve realizar o trabalho em conjunto. Houve uma desatenção por parte de outros comissários de bordo em perceber a situação e ter interferido ativamente em relação ao comportamento das crianças, distraindo-as, conversando com seus pais, enfim ter colaborado com seu outro colega de vôo.

Já uma outra situação que poderá ser abordada será, por exemplo, uma situação de tensão no embarque de um determinado voo. Neste caso vale também o trabalho em equipe, elegendo um chefe de cabine dos comissários de bordo (não importa quem) para que este delegue as funções a fim de sistematizar uma ação coordenada em conjunto. Um segundo passo será estabelecer uma hierarquia para determinar quais problemas são os mais simples e os mais graves. Seguindo, portanto, uma escala a fim de facilitar as atitudes a serem tomadas, analisando a melhor maneira de resolver cada problema. Lembre-se do quinto mandamento da TAM – “pense muito antes de agir”.

Além das duas acima, poderão ser apresentadas diversas “situações problemas”. Bem sabemos que a rotina do comissário é repleta destas situações, como por exemplo, qual atitude tomar em um passageiro que teve chiclete colado em sua calça, um passageiro que ri muito alto durante um filme, passageiro alcoolizado, etc. Em muitas situações não existe uma resposta certa, mas sim uma atitude sensata e educada de saber que independente de qualquer coisa, a bordo você representará a TAM mais que o presidente da companhia.

Deste modo, estará em suas o seu sucesso ou não. Aquele candidato que age como um comissário de voo deve agir, conhece e estuda o perfil e os valores da empresa, certamente será contratado. E, nunca é demais repetir: se prepare, mas se prepare muito e adequadamente.

Leia as nossas matérias sobre cada empresa, confira informações no site da empresa, pesquise reportagens com executivos, diretores e funcionários da mesma, converse com colegas que já trabalham lá, enfim há diversas formas de estar mais preparado para este que acreditamos ser um dos mais importantes em sua trajetória profissional.

ATENÇÃO: Em alguns processos esta etapa poderá ser acrescida de um breve debate. Cada candidato receberá um envelope contendo uma palavra – os valores da TAM. Portanto, antes de iniciar o debate descrito acima, os candidatos deverão relatar situações em sua vida (pessoal e profissional) em que um destes valores foi fundamental, e fez a diferença, ou simplesmente expressar o que entende por “humildade”, “participação”, “entusiasmo”, “espírito de servir”, “trabalho em equipe” e “apresentação pessoal”.

Aguardem nossos próximos posts com mais detalhes das outras etapas que compõem esta segunda fase do processo seletivo para comissários de voo da TAM.

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*