Início / Aviação / Quanto custa um avião?
pouso-ponte

Quanto custa um avião?

Um avião pequeno, como o Airbus 320, custa em torno de 40 milhões de dólares. Já um grande, como o A330, custa entre 90 e 100 milhões de dólares. Mas o preço definitivo depende muito da configuração do avião.

Claro que há uma série de itens que “vêm de fábrica” e outros, com custos elevados. Se a empresa escolhe assentos e galleys, por exemplo. Neste caso, comprar um avião é bem parecido ao ato de comprar um carro.

Ou, quando a empresa opta em oferecer monitores para entretenimento a bordo nas aeronaves, seja de voos nacionais ou internacionais, eleva o preço final do avião.

Portanto, quando uma empresa aérea anuncia um novo contrato de compra com a fabricante de aviões, sempre está em pauta o avião com uma configuração básica, sem estes itens extras praticamente.

Na negociação de compra de aeronaves, a fabricante fornece dois orçamentos, um deles com motores diferentes, por exemplo. Aí, fica a critério da companhia aérea que for comprar o avião, escolher qual motor prefere para sua frota.

Este é o primeiro passo na negociação de compra de aviões. Depois de fechar as características da aeronave por preço e quantidade, vem a vez da linha aérea negociar com os fabricantes outros itens que compõem um avião, como galleys e assentos.

Esta negociação leva cerca de 6 meses para se concretizar. Após este período, há a assinatura de uma carta de intenções e, logos em seguida, fecha-se o contrato de compra.

Por isso que muitas empresas anunciam a compra de aeronaves para a frota com tanta antecedência. A produção é um tanto demorada.

– Como comprar uma aeronave?

Depois de tudo isso, ainda falta uma série de trâmites legais. Com o contrato assinado, é preciso realizar traduções com tradutores juramentados antes de registrar a aeronave no Brasil. Além disso, é importante ter equipe de importação, pois trata-se um produto importado, e claro, um seguro de avião.

Muitas vezes as empresas aéreas precisam de aeronaves “para ontem”, ou seja, há urgência para colocar a aeronave para fazer os voos.

Neste caso, é possível alugar um avião ao invés de “ficar na fila de espera” pela produção da aeronave. É uma situação de mercado, pois o aluguel é uma forma ruim de negócio para as empresas aéreas.

Com o aquecimento internacional do setor aéreo, a China e a Índia tornaram-se grandes compradores de aeronaves. Dessa forma, fica cada vez mais difícil a compra de aviões com prazos de entrega curtos. Em alguns casos, até aviões maiores como o Airbus A330 e Boeing 777 ficam mais escassos no mercado.

– Quanto custa um helicóptero?

Como funciona o leasing de aeronaves?

A partir da assinatura do contrato, a empresa aérea procura uma instituição financiadora para fazer o chamado sale lease-back, ou seja, a companhia aérea vende a aeronave que está em construção a um terceiro, e este paga ao fabricante e vende o avião à aérea por meio de um contrato de leasing.

O leasing é interessante, pois se trata de um produto que sofre uma defasagem tecnológica muito rápida. Você compra um avião e depois de 15 anos terá que trocá-lo. Para ter uma frota jovem, com aviões novos, as empresas aéreas optam pelo leasing de seis a dez anos para devolver o avião no médio espaço de tempo e já adquirir outro contrato de leasing.

Foto: Angelo

6 Comentários

  1. Creio que vocês estão equivocados em relação aos preços…
    Pela lista de fábrica da Aribus para 2014, o preço médio do A320 era US$ 94 milhões – variando para cima ou para baixo conforme a configuração (mas não tanto a ponto de custar menos da metade disso, como vocês informaram).
    Já o A330 tem preços entre US$ 220 milhões e US$ 245 milhões conforme o modelo e configuração.
    O A380, que é o aparelho mais caro da Airbus, custa em torno de US$ 414 milhões.
    A tabela de preços da Boeing não é muito diferente: um 737-800 (aparelho de porte e uso similar ao A320) custa em média US$ 94 milhões, ao passo que um 787-9 (que compete com o A330-200) custa em torno de US$ 257 milhões.
    Esses são os preços de lista encontrados nos sites das próprias fabricantes.
    Há cerca de 10 anos um A320 já custava em torno de US$ 83 milhões, então creio que houve uma confusão aí nas estimativas.

  2. Bernardo Ludovic

    Caro Marcelo,
    Você tem razão sobre os preços dos aviões, porém isto é o que está ma tabela e são valores cheios e, como o senhor disse, dependem da configuração da aeronave entre outros.
    No entanto, os valores reais de compra de cada tipo de equipamento, ficará sujeito aos tipos de negociações entre as empresas aéreas e fabricantes de aeronaves , podendo variar consideravelmente estes valores, acredite.

  3. Apenas um pequeno comentário, não são turbinas e sim motores, turbina é apenas uma peça do conjunto de motores ok.

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*