Home / Empregos / Pronatec oferta 10 mil vagas para cursos na área de turismo
Vista da Praia do Leblon e do Morro Dois Irmãos. Rio de Janeiro | Foto: Werner Zotz

Pronatec oferta 10 mil vagas para cursos na área de turismo

Portal Brasil — Inscrições serão abertas para estudantes da rede pública de 18 estados; aulas serão presenciais e deverão começar em agosto.

O Ministério do Turismo vai oferecer 10 mil vagas de ensino técnico para estudantes de escolas públicas brasileiras.

Os cursos, gratuitos, serão ofertados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e vão atender ao mercado de viagens.

As inscrições serão abertas em 172 municípios de 18 estados localizados em todas as regiões brasileiras.

O MedioTec formará mão de obra para o mercado de viagens. O Pronatec Turismo pela qual as vagas são ofertadas, vai disponibilizar cursos de técnico em agenciamento de viagens, cozinha, eventos, guia de turismo, hospedagem, lazer, restaurante e bar.

Para participar os estudantes devem, preferencialmente, cursar o 2º ano do ensino médio. O jovem terá aulas sobre processos de recepção, viagens, eventos, gastronomia, serviços de alimentação e bebidas e entretenimento.

A definição da oferta levou em conta a demanda apresentada pelos estados e a capacidade de atendimento do programa. Um dos pré-requisitos para seleção dos municípios contemplados é que estes estejam enquadrados nas categorias A, B ou C do Mapa do Turismo Brasileiro.

Concurso FAB 2017: vagas para aviadores

As aulas devem começar em agosto de 2017. Os cursos são presenciais, em horários diferentes dos cursos regulares do ensino médio, e ministrados por entidades cadastradas pelo Ministério da Educação.

Confira abaixo a oferta por região, estado e município:

Região Centro-Oeste

A Região Centro-Oeste será contemplada com 2.140 vagas no MedioTec, nova modalidade do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) que formará técnicos de nível médio também na área do turismo.

Na região Centro-Oeste, três estados apresentaram demandas de vagas para o programa. Elas serão distribuídas entre 25 municípios do Mato Grosso – contemplando a Chapada dos Guimarães -, 18 municípios do Mato Grosso do Sul, incluindo os destinos de Bonito e Jardim e 1 do Estado de Goiás, a cidade de Goiás (GO), patrimônio mundial da humanidade.

**

Região Sul

A Região Sul será contemplada com 2.410 vagas no MedioTec, nova modalidade do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) que formará técnicos de nível médio também na área do turismo.

Na região Sul, os três estados apresentaram demandas de vagas para o programa. Rio Grande do Sul (12 municípios), Santa Catarina (14 municípios) e Paraná (9 municípios). As capitais dos três estados foram contempladas.

**

Região Sudeste

A Região Sudeste será contemplada com 1.240 vagas no MedioTec, nova modalidade do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) que formará técnicos de nível médio também na área do turismo.

Na região Sudeste, dois estados apresentaram demandas de vagas para o programa. Elas serão distribuídas entre 2 municípios do Estado de São Paulo e 19 de Minas Gerais.

**

Região Norte

A Região Norte será contemplada com 1.505 vagas no MedioTec, nova modalidade do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) que formará técnicos de nível médio também na área do turismo.

Na região Norte, seis estados apresentaram demandas de vagas para o MTur. As 1.505 vagas serão distribuídas entre municípios do Acre; Amazonas; Amapá; Pará; Roraima e Tocantins.

**

Região Nordeste

A Região Nordeste será contemplada com 2.705 vagas no MedioTec, nova modalidade do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) que formará técnicos de nível médio também na área do turismo.

Na região Nordeste, quatro estados apresentaram demandas de vagas para participar do programa este ano. As 2.705 vagas serão distribuídas entre municípios turísticos de Pernambuco (23 cidades), Alagoas (11), Maranhão (10) e Paraíba (2).

Os cursos são presenciais, em horários diferentes dos cursos regulares do ensino médio, e serão ministrados por entidades cadastradas pelo Ministério da Educação.

Leia também: O que é preciso para ser comissário de bordo?

Escreva um comentário

O e-mail não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*