Início / Viagens / Melhores destinos internacionais: Paris
reveillon-paris

Melhores destinos internacionais: Paris

Em Paris há muitos pontos turísticos para visitar, um local que deverá colocar em seu roteiro é o Museu do Louvre. O Louvre, em suas sucessivas metamorfoses arquitetônicas, destaca-se no centro de Paris desde o final do século XII.

Construído do lado ocidental da cidade, a estrutura original foi gradualmente se transformando com o crescimento e desenvolvimento da cidade.

Chega-se até o local com a linha 1 (Amarela), na estação Palais Royal/Musée du Louvre. Atenção: A entrada é gratuita no primeiro domingo de cada mês. Porém é sempre muito cheio, especialmente nos dias de primavera e verão. Uma opção para economizar é ir após às 18h durante a semana, pois o preço é reduzido. Clique aqui e confira os valores. Caso você tenha até 26 anos, também tem entrada gratuita às sextas-feiras após às 18h.

O museu é gigante e extraordinário em sua arquitetura e acervo, mas a dica é: Faça um planejamento do que você quer ver no museu e estabeleça um máximo de tempo que ficará no museu, por exemplo 4 horas, porque para ver tudo mesmo, você iria demorar uma semana inteira.

Não deixe de ver a Mona Lisa, Victorie de Samothrace, la Couronne du sacre de Louis XV e Venus de Milo, todos no Primeiro Andar.

Desse modo, nossa sugestão é que reserve uma manhã para o Louvre, faça uma refeição no “Le Grand Louvre”, por volta das 13h, ou simplesmente tome um café com um croissant no “Le Café du Louvre”. Saia de lá por volta das 14h e vá até a Torre Eiffel de barco.

Pegue o barco da companhia Batobus às 14h10 nas margens do Sena, bem próximo ao museu e desça na Torre Eiffel, três estações depois, passando pelo Musée D’Orsay e Champs-Elysée. Nossa dica é que dê uma volta completa de barco antes de descer, assim terá uma visão geral da cidade a partir do exuberante Rio Sena. Ou seja, somente desça na Torre Eiffel na segundo vez que passar por ela, aproveitado bem o passeio no “petit bateau”. Confira aqui as tarifas. Atenção: Não esqueça de pedir a tarifa reduzida (Privilège).

Mais um dia em Paris?

Você pode aproveitar seu último dia em Paris para ir até o Castelo de Versailles. Linha C. A região metropolinata de Paris é dividida em Zonas, Versailles fica na Zona 4, portanto, o transporte até lá é mais caro. Não muito. Tome o RER na estação Saint Michel (amarela), por exemplo, e desça já no Château de Versailles. Clique aqui e confira o site oficial do castelo.

O Castelo e seus jardins são magníficos. Vale a pena passar um dia inteiro lá. É caro, mas vale a pena! Agora, caso queira aproveitar e ainda esticar para o Castelo de Chartes também é interessante. Um pouco mais afastado, você deverá ir até a Zona 6. Confira aqui o mapa do transporte em Paris.

Uma boa opção para curtir o final da tarde em Paris é visitar a Torre Eiffel. Portanto, se você demorou muito no Museu do Louvre ou no Museu D’Orsay, e estiver com pouco tempo, a saída é não perder tempo e ir direto para um dos monumentos mais visitados em todo o mundo.

 A estação de metro mais próxima é a Champs de Mars / Tour Eiffel. Confira aqui o mapa do transporte em Paris.

A dica é ir caminhando ao lado do Rio Sena, passar em uma padaria (boulangerie), comprar alguns croissants, uma água ou suco e levar para fazer um piquenique no Champs de Mars após subir na torre.

Acesse aqui o Site Oficial (em francês) com mais informações, com os preços da subida pelo elevador que te leva até o 1.º andar (57m), 2.º andar (120m) ou 3.º andar (280m). Para os “atletas da economia” há a opção em subir a pé, mas prepare-se pois para chegar ao 2.º andar será necessário nada mais nada menos do que 700 degraus. Não é possível ir à pé até o 3.º andar.
Para subir ou descer provavelmente você encontrará fila na plataforma dos elevadores. Contudo, após chegar ao topo verá que valerá a espera, não só pela vista, mas pela emoção de estar dentro de sua arquitetura.

A dica é parar no segundo andar, pois a vista é mais ampla. O  terceiro andar fica pelo desafio de estar no ponto mais alto. (procure chegar bem antes das 22h30, quando o acesso aos elevadores fecha; lembre- se também de que as escadas para o segundo andar fecham às 18h). Outra emoção é admirar por dez minutos, milhares de pequenas lâmpadas se acenderem e começarem a piscar de hora em hora após o anoitecer.

Curiosidade:

O monumento, que bateu um novo recorde de visitação em 2008, com 6,93 milhões pessoas, foi inaugurado em 31 de março de 1889, como parte das homenagens ocorridas então ao centenário da Revolução Francesa.

Construída em ferro fundido, a estrutura é protegida da oxidação por várias camadas de tinta que recebeu ao longo dos anos. Sua pintura já foi renovada 17 vezes desde sua construção – uma reforma a cada sete anos, em média.

Para as comemorações de seu 120º aniversário, em março de 2009, a Torre Eiffel está recebendo uma nova pintura. Da última vez em que foi restaurada, a pintura começou em dezembro de 2001 e terminou em junho de 2003.

Lua de mel em Paris?

Se você é daqueles românticos assumidos e está em Lua de Mel ou aniversário de casamento em Paris, após fazer este passeio à Torre Eiffel a dica é ir ao Quartier Latin, ao lado do Jardim de Luxemburgo e a Universidade de Sorbonne, na altura da estação de metro St. Michel. Lá encontrará dezenas de cafés, bares e restaurantes onde o casal poderá conversar, namorar e jantar em qualquer um dos excelentes estabelecimentos localizados neste tradicional, boêmio e romântico bairro.

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*