Início / Empregos / Testes de Seleção / Foto de currículo: como deve ser?

Foto de currículo: como deve ser?

Para conseguir o tão sonhado emprego em uma companhia aérea é muito importante dar uma identidade ao seu currículo anexando ao mesmo uma foto que condiz com seu profissionalismo.

Ao contrário de muitas profissões, na aviação, especialmente para o cargo de tripulante e atendimento no aeroporto, um exemplo de currículo bem elaborado deve necessariamente conter uma foto de rosto do candidato.

Aparência no setor aéreo é algo muito valorizado, por isso a apresentação na seleção já começa com a aparência impecável de seu currículo com uma fotografia clara e profissional.

Muitos comissários de voo e outros profissionais da aviação à procura de uma oportunidade nem se dão conta de que, às vezes, um pequeno detalhe pode ser crucial na escolha do seu currículo.

Além da formação e experiência profissional e de vida, o currículo do aeronauta e/ou aeroviário somente estará completo se contar com algo que ajudará a ser chamado para a seleção: uma boa fotografia.

Esta foto deverá ser nítida, na qual o candidato apareça sorridente, inspire confiança e empatia. A qualidade da foto diferenciará diretamente o seu currículo dos outros e o tornará mais pessoal ao selecionador. A fotografia será o primeiro contato dos recursos humanos da organização com sua imagem profissional.

Portanto, neste requisito capricho é fundamental. Esqueça aquela foto 3×4 antiga, aquela fotografia que tirou no churrasco ou festa de aniversário. Uma boa foto profissional deve ser EXCLUSIVA e, preferencialmente, do tamanho da foto do passaporte (7×5) para que apareça o seu rosto por completo, cabelos e ombros.

A dica do Meio Aéreo para quem é de São Paulo é o Studio Fotográfico Sanjer, nosso parceiro que até já ofereceu desconto aos nossos leitores em recente concurso que realizamos.

Atuando como fotógrafo há mais de dez anos, Carlos Mizumoto é especializado em fotos para seleções em companhias aéreas. É um dos estúdios fotográficos mais recomendados por importantes escolas e aeroclubes da capital paulista, por isso indicamos.

Mizumoto, além de muito profissional, atencioso e caprichoso, nos dá algumas dicas. Um exemplo que pode ser seguido ou não, é que na foto nosso rosto deve estar sempre direcionado ao corpo do currículo.

Como em geral a foto é anexada no canto superior direito da folha, o correto é que nosso sorriso e olhar estejam sempre voltados à esquerda, mirando o texto do currículo. Afinal, se nem nós olharmos para nossas qualificações, qual departamento de seleção olhará?!

Empresas aéreas para enviar currículo

Outra dica seria evitar colar a foto no currículo. Particularmente acreditamos que a foto não deva ser anexada com clipes também, o que marcará a mesma. Sugerimos que sejam feitos quatro delicados cortes transversais no papel de modo que você consiga encaixar a foto na posição desejada sem a necessidade de cola, clipes ou grampos. Ou ainda, que seja impressa junto com o currículo, contudo, se optar por imprimi-la, esta deve ser em ótima resolução, caso contrário poderá colocar tudo a perder.

Para quem não é da cidade de São Paulo, sugerimos que sempre peça a orientação da secretaria da escola onde fez o curso para indicar o local ideal para que sejam fotografados.

Claro que nenhum fotógrafo é mágico ou cirurgião plástico, porém é o melhor profissional para que você fique bem na foto.

E você leitor, tem alguma outra indicação de estúdio fotográfico para fotos profissionais? Faça valer o espírito de equipe. Dê a sua dica abaixo e colabore com colegas de outras cidades.

3 Comentários

  1. Gostaria de saber se vocês sabem de algum fotógrafo especialista em foto para comissárias no Rio de Janeiro. Obrigada

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*