Início / Viagens / Dicas para viajar de avião

Dicas para viajar de avião

Apesar de trabalhar no limite da escala de voo, pouco tempo de repouso nos hotéis, falta de um plano de carreira coerente dentro das companhias aéreas, infra-estrutura aeronáutica deficiente, a maioria dos comissários de voo, aeromoças, pilotos e co-pilotos amam o que fazem.

Uma das partes do trabalho a bordo de uma aeronave que mais agrada a maioria dos apaixonados pela profissão é o lado das observações sociais que temos a oportunidade de constatar durante os voos. Todo comissário de bordo tem que ser também um pouco de psicólogo.

Trabalhando há alguns anos na função de comissário de bordo, podemos concordar que é provavelmente a natureza humana a principal responsável pelas situações de conflito dentro de uma aeronave. É interessante observar como o comportamento de um único passageiro pode afetar a viagem e o bem-estar de uma centena de viajantes. Acreditamos que este é um dos itens que mais merece atenção na aviação comercial brasileira e até mundial, o comportamento coletivo sensato.

Talvez uma campanha da INFRAERO nos aeroportos por meio de anúncios nos aeroportos e até inserções instrutivas sobre comportamento nos sistemas de áudio visual das empresas aéreas. Acreditamos que alguns pensamentos de como as suas ações afetam os demais passageiros poderia eliminaria tanta raiva, egoísmo e hostilidade dentro avião.

Dicas para primeira de viagem de avião

Confira abaixo algumas sugestões de como ter uma viagem agradável seguindo apenas algumas regras de convívio social harmônico:

Na hora de reclinar o seu assento para trás: Tenha cuidado ao reclinar o seu assento. Evite fazê-lo de modo brusco, pois a pessoa atrás de você pode se machucar ou ter algum pertence pessoal quebrado dependendo da situação. É demonstração de educação você dar uma espiada para trás antes e avisar ao colega do assento traseiro que você irá reclinar o seu assento, fazendo-o de modo lento.

Outra dica em relação à reclinação do assento é na hora da refeição. Sempre que estiver sendo servido o serviço de bordo, retorne seu enconsto para a posição vertical. Fica mais fácil para você comer e não atrapalha o passageiro da poltrona atrás da sua. Um assento reclinado na frente de você com certeza irá lhe deixar zangado. Se for o caso, peça gentilmente à aeromoça que solicite ao passageiro a sua frente que endireite o assento na vertical.

Assento da janela: Tenha em mente que nem sempre é fácil dormir ou apenas dar uma cochilada em um avião. É algo difícil e nem todos os passageiros têm essa facilidade. Dormir na cabine economia então é uma das missões mais impossíveis que um ser humano comum pode ter. Qualquer movimento pode acabar com o sono de qualquer um.

Abrindo a cortina (persiana) da janelinha, dependendo do ângulo dos raios solares, você acordará meia dúzia de passageiros que não irão gostar nenhum um pouco desta atitude. Quando estamos voando em altitude de cruzeiro a mais de 30.000 pés, definitivamente a paisagem da janela do avião não muda, serão apenas nuvens.

Infelizmente alguns passageiros ainda acham que a culpa é da tripulação. Ora, pouco podemos fazer se o indivíduo da sentado na janelinha quer ficar vendo nuvens. Podemos no máximo sugerir que o mesmo o feche, mas nem sempre temos tempo para isto. E nada é pior do que o olhar enfurecido de quem foi acordado sem motivo.

A sugestão é que se você estiver sentado no assento da janela, olhe ao redor e perceba o que os passageiros a sua volta estão fazendo. Se a maioria está tentando dar uma cochilada, feche a persiana. Se o passageiro ao seu lado estiver lendo, sugira que utilize a luz de leitura individual.

De qualquer modo, para quem gosta de cochilar durante os voos e tem sono leve, é recomendável que carregue consigo uma máscara tampão para os olhos. Já experimentou? É muito útil!

Crianças escandalosas: Crianças chorando, gritando, reclamando são uma das coisas que mais irritam os demais viajantes. Cada pai tem seu jeito particular de educar seus filhos, impor regras de respeito e manter o bom comportamento da criança. Dentro do avião é importante que os pais mantenham seus filhos quietos e obedientes. Não importa o que você irá fazer, mas terá que fazer seu filho para de chorar ou se lamentar. Não adianta ignorar as reclamações do criança, é preciso chegar a um acordo e fazê-la respeitar os demais passageiros. De modo rápido e eficaz você terá a missão de fazer a criança ficar quieta. Peça a ajuda de uma aeromoça ou comissário de voo. Muitas vezes uma revista infantil, um saquinho de amendoin, um copo de isopor poderá distrair a criança e acabar com o tormento dentro do avião.

Aqui vai outra dica para seu kit de viagens. Durante suas viagens de avião, carregue consigo um tampão de ouvido! Você irá nos agradecer quando o “Joãozinho” começa a chorar no seu voo noturno.

Adultos escandalosos: O barulho de adultos “sem noção” são piores do que o barulho de crianças chatas. Você pode estar empolgado com as suas férias, animado porque está viajando com um grupo de amigos, etc. Contudo, é preciso perceber que o avião é um meio de transporte coletivo e que pode ter no avião pessoas tristes porque perderam um ente querido, perderam o emprego, brigaram com o marido ou esposa, etc. Especialmente se você está sentado perto da galley traseira, onde o som ecoaliza e se propaga mais fácil para as demais fileiras.

Comportamento nos toaletes: Por favor, seja educado e higiênico. Deixe o banheiro em um estado que não vai fazer a próxima pessoa a entrar com nojo. Banheiro de avião não é mágico, é necessário dar a descarga para os dejetos sumirem. Papéis e toalhas devem ser jogados dentro da lixeira. (Se você não achar a lixeira, procure um pouco, veja que o banheiro do avião não é tão grande assim), após escovar os dentes, jogue uma água na pia para limpar a sujeira de pasta de dente.

Ao entrar no banheiro verifique se há papel higiênico, caso não tenha, chame um dos comissários. Não esqueça de travar a porta para evitar constrangimentos. E, se já estivermos em procedimento de pouco, por favor, seja breve! O avião não é só seu, há outras dezenas de passageiros que também podem estar precisando usar o toalete. Não é o momento de levar uma revista ou testar um novo penteado.

Enfim, há muitos comportamentos humanos que podem mudar uma viagem aérea. Há ainda algumas dicas em relação aos compartimentos de bagagem e troca de assentos que publicaremos na semana que vem.

E você, tem alguma dica para tornar uma viagem de avião melhor?

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*