Início / Aviação / Comissário de Voo / Como ser aeromoça internacional da Qatar (Open Day)

Como ser aeromoça internacional da Qatar (Open Day)

Aeromoça – A Qatar Airways realizou recentemente Open Day para contratar comissários de voo brasileiros.

Para quem pretende seguir a carreira de comissário de voo internacional na empresa com base em Doha, realizamos uma entrevista exclusiva com uma aeromoça brasileira que já faz voos pela Qatar.

A empresa não autoriza que funcionários concedam entrevistas, deste modo mantivemos o nome da entrevistada em sigilo. Confira abaixo:

Meio Aéreo: Antes de trabalhar na Qatar você já era comissária de voo?
Aeromoça Qatar: Não. Nenhuma experiência anterior, mas fiz e passei na prova da Anac em 2001.

MA: Qual foi o momento mais difícil da sua seleção na Qatar?
AQ: Eu não diria que a seleção foi difícil. Foi cansativa.

MA: Como acha que deve ser o comportamento durante o Open Day e as demais fases da seleção? Tem algum segredo para ser apovado?
AQ: Eles querem ver pessoas animadas que tem um bom sorriso e boa postura. O trabalho em grupo é muito importante nessa carreira. Tem que saber escutar e falar na hora certa, ser firme e confiante em tudo o que fala.

MA: Quando soube que conseguiu o emprego, qual foi sua reação? Houve algum motivo que o fizesse pensar em desistir de ir morar em Doha?
AQ: Eu fiquei feliz mas perdida quando soube que iria a Doha. Sim, eu pensei em desistir. Mal sabia aonde estava indo. Mas era o meu sonho e precisava trabalhar.

MA: Quais são as características que um comissário da Qatar deve ter?
AQ: Ser uma pessoa alegre que sabe respeitar e trabalhar com inúmeros tipos de pessoas diferentes.

MA: Descreva qual o perfil do comissário de voo da Qatar.
AQ: Tem que ter motivação, muita vontade, paciência, iniciativa.

MA: Conte um pouco (brevemente) como é o treinamento na Qatar antes de finalmente ir para o voo. Quanto tempo dura, há muita reprovação, é muito difícil?
AQ: O treinamento dura 2 meses e sim, é difícil e puxado. Muitas coisas para decorar e muitas provas (escritas e práticas) são feitas. Mas reprovação tem pouca.

MA: O que a empresa mais valoriza em seus funcionários?
AQ: Basicamente o mesmo que qualquer outra empresa: um funcionário dedicado.

MA: Para ser comissário na Qatar a pessoa não pode:
AQ: Ser fumante, ter tatuagens visíveis, não ter conhecimento da língua inglesa.

MA: Quais idiomas você fala? Arrisca algo em árabe?
QA: Tenho inglês, portugues e mais uma língua fluente. E sim, arrisco muitas coisas em árabe! Durante o treinamento aprendemos o básico.

MA: Qual a nacionalidade predominante entre os comissários na Qatar?
AQ: A Qatar tem mais de 92 nacionalidades trabalhando para eles. Mas acho que os indianos e os filipinos predominam na companhia.

MA: Quais destas nacionalidades você tem maior afinidade? E a de menor? Por que?
AQ: Não tenho problemas com nenhuma nacionalidade. No nosso trabalho, temos que entender e respeitar diferenças culturais.

MA: Você se encontra frequentemente com outros comissários brasileiros?
AQ: Sim muitos. E cada vez mais.

MA: Quantas vezes no ano consegue vir ao Brasil?
AQ: Depende. Temos 30 dias de férias ao ano que podem ser divididas como voce preferir. Também ganhamos folgas mais longas de vez em quando (5 dias por exemplo) que já dá para pensar em ir para o Brasil rapidinho!

MA: Do que mais sentia falta no começo? E agora já se acostumou?
AQ: Família e amigos. Hoje em dia já consigo ver todos mais frequentemente, além de já ter me acostumado com a situação.

MA: Quais são seus destinos preferidos? E os que menos gosta? Por quê?

AQ: Amo Kathmandu, Beijing, Ilhas Maldivas… Lugares exóticos e praias! E os que eu menos gosto são os destinos bate-volta que não chegamos nem a descer da aeronave.

MA: O que costuma fazer em suas folgas?
AQ: Dormir e sair com os amigos.

MA: Melhor lugar para passar as férias?
AQ: Em casa, com a família. Ou na Tailândia!

MA: O que há de melhor para se fazer em Doha?
AQ: Compras. Temos 3 grandes principais shoppings na cidade com preços similares a Europa ou Estados Unidos.

MA: Quais aeronaves você tripula? Há algum destino que ainda não foi mas gostaria de ir?
AQ: Eu já sou treinada em todas as aeronaves que temos: A319/320/321/330/340 e B777. Tem um ou outro destino na Europa que ainda nao estive (Barcelona, Copenhagen…) e gostaria de ir.

MA: Como é o seu contrato com a empresa?
AQ: Um pouco complicado para descrever.

MA: Quais são seus planos? Há chances de crescer dentro da companhia, inclusive para outros cargos que não sejam em voo?
AQ: Planos eu ainda não tenho. Mas não quero voar para sempre. A empresa oferece muitas chances sim. Temos a oportunidade de crescer dentro da empresa rapidinho com um bom histórico de trabalho, e existe sim oportunidade de outros cargos também.

MA: Que mensagem você deixa para aqueles que querem ser comissários na Qatar.
AQ: Vá em frente. É uma ótima oportunidade. Mas tem que estar preparado pois não é um mar de rosas. É difícil, cansativo e puxado.

MA: Tem alguma curiosidade dos pernoites ou alguma história que gostaria de compartilhar com nossos leitores?
AQ: Dependendo do destino e da equipe, pernoite tem muita festa! Outros, o pessoal prefere relaxar. Amanhã vou para Cebu nas Filipinas passar quase 3 dias. Spa la é ótimo e barato, e as praias lindas demais! Mas paguei meus pecados num bate-volta ontem!

Boa sorte a todos que estão se preparando para a entrevista, sejam confiantes!!

Muito obrigado!! Bons Voos!!!

1 Comentário

  1. vc diz tatuagem aparente? e se for por exemplo no quadril e bem pequena, imperceptìvel vestido?

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*