Início / Aviação / Comissário de bordo – voe para 100 destinos
emirates-la

Comissário de bordo – voe para 100 destinos

Comissário de Bordo – Dando sequência a série de entrevistas do Meio Aéreo, a conversa a seguir foi realizada com um dos primeiros brasileiros a ingressar na Emirates como comissário de voo.

Nascido em Campinas, Marcos entrou na Emirates em maio de 2004 com 23 anos. A entrevista de hoje foi feita em 2007, com o comissário Marcos Delesposti Pedrosa, aluno da escola Flight Center.

Por que  você escolheu a profissão de comissário?
Quem nunca sonhou, pelo menos quando era criança, que estava voando? Eu sonhei e lembro até hoje desse sonho.  Lembro que eu abria os braços e voava por cima da minha casa, da minha cidade,  mas não ia muito longe pra minha mãe não brigar comigo…  rsrs

Também sempre gostei de aviões, máquinas, motores. Sempre tentei entender como era possível que essas máquinas gigantes e tão pesadas pudessem voar, atravessar os céus  e chegar de um ponto ao outro tão rápido e principalmente de maneira tão segura.

O fato de ter uma rotina totalmente diferente, conhecer pessoas novas e lugares diferentes, muitas estórias pra ouvir e contar.
Esses são alguns dos motivos que me fizeram escolher por essa profissão.

O que fazia antes de ser comissário?
Fiz faculdade de direito e trabalhava como professor de inglês.

O que você achou mais importante no curso de formação de  comissários na escola de aviação?
Sem dúvida as matérias mais importantes do curso são as relacionadas com Emergência e Segurança de voo, por estarem totalmente ligadas com a função do comissário de voo. Teoria de voo foi minha matéria favorita.   Pude entender sobre o funcionamento da aeronave e finalmente descobrir como e porque a aeronave levanta voo.

Como foi a seleção e o treinamento na EMIRATES?
Seleção: Todo o processo seletivo foi em inglês,  tudo ocorreu de maneira objetiva e organizada.  Foram três dias de dinâmicas em grupo e provas e os resultados eram liberados no mesmo dia, com exceção do resultado final que veio três semanas depois da última entrevista.
Treinamento: O treinamento é muito intenso.  São seis semanas de treinamento até você começar a voar.  A primeira semana consiste em  uma introdução a empresa, ao país, coisas básicas do dia a dia, entrega da documentação e prova do uniforme.

As duas semanas seguintes os alunos estudam Procedimentos de Segurança e Emergência.  Primeiro a teoria na classe e depois a prática no simulador onde TUDO pode acontecer.

Depois, uma semana de primeiros socorros com aulas teóricas e práticas também.
As duas ultimas semanas são as aulas de serviço de bordo.  Existe um outro simulador de serviço de bordo onde também se põe em prática toda a teoria aprendida.  Tudo é de verdade, comida, bebida e até… passageiros!

Fale  sobre os lugares que você já conheceu voando pela EMIRATES?
A empresa faz voos para mais de 90 destinos. Ainda não tive a chance de conhecer todos os lugares ainda, fico sempre na expectativa de fazer um voo novo.   Meus destinos favoritos são: Austrália, Nova Zelândia, Japão, China, Cingapura e Estados Unidos.

Você sente saudades do Brasil?
Sim, sinto muitas saudades do Brasil e da minha família.  Não vivo sem email, msn, sms, telefone, sempre dou notícias pra dizer onde estou e pra saber como andam as coisas.  Sempre que posso vou ao Brasil de férias mas também fico muito feliz quando tenho visitas por aqui. Meus pais e irmãos já vieram pra cá e adoraram.

Como é lidar com outras culturas no dia a dia?
Interessante e também totalmente desafiador!  E é por isso que eu gosto dessa profissão.  As vezes eu faço o mesmo voo e é incrível como um pode ser totalmente diferente do outro.  Você aprende não só a lidar, mas também a respeitar e entender outros povos, culturas e raças.

Você conseguiu fazer muitos amigos na EMIRATES?
Eu fiz bons amigos aqui, e em cada voo sempre existe a possibilidade de conhecer novos amigos.  Eu tenho contato com todos que entraram na empresa comigo e estavam no meu grupo durante o treinamento, as vezes nos reunimos, mas é bem difícil achar um dia em que as escalas coincidem.

Quando lhe avisaram sobre a aprovação para iniciar o treinamento na empresa, qual foi a reação?
Eu estava muito ansioso aguardando a resposta, lembro que ia dormir com o celular do lado e acordava durante a noite pra ver se tinha sinal.  Quando finalmente ligaram, e foi no meio da noite devido ao fuso horário, eu acordei todo mundo com a notícia e nem consegui mais dormir.  Era dezembro e eles perguntaram se eu estava disponível pra vir pra Dubai, e eu disse que imediato que iria em uma semana ou até antes mas foi engraçado porque era pra começar só em Maio do ano seguinte e o recrutador queria saber se eu precisava de mais tempo, e não me queria tão cedo em uma semana como eu estava propondo a ele.

Onde você esta morando atualmente?
Em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Moro em um apartamento cedido pela empresa com um amigo meu, outro brasileiro.

O que você costuma fazer em suas folgas?
Dormir bastante! Tive vários voos noturnos esse mês então estou aproveitando as folgas pra dormir… Mas sempre vou à praia, jogar boliche, cinema, e vou muito a casa de amigos onde tudo sempre acaba em pizza e um bom dvd.  Se tenho um período maior de folga, o que às vezes é possível trocando voos ai eu tento ir pro Brasil ver minha família.  Se é uma folga menor eu tento fazer uma viagem por aqui perto.

– Saiba mais sobre a profissão de comissário de voo

No período de treinamento na EMIRATES, qual foi a matéria que você mais gostou?
Procedimentos de Emergência e Segurança, da parte prática no simulador.  Incrível como tudo parece real lá dentro.

Você continua estudando outros idiomas?
Arabe é minha luta diária.  Eu estudo mas é muito difícil, pois existem vários sons que não existem no português e eu simplesmente não consigo fazer. Estou estudando francês nos meus dias de folga pois é muito falado por aqui também.

Qual sua mensagem para os alunos que estão ansiosos para voar?

Pessoal, hoje o mercado está aberto e tem espaço para todos aqueles que realmente querem e tem força de vontade.  Faça o melhor, prepare-se, estude bastante, dê o máximo de si, corra, busque porque certamente toda busca e esforços não irão ser em vão.   Querer é poder sim e tudo depende apenas de vocês.

Foto: skinnylaywer

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*