Início / Passagens Aéreas / Cartão American Express The Platinum Card
cartao-sem-anuidade

Cartão American Express The Platinum Card

O cartão de crédito da American Express é bem legal para quem costuma viajar muito, além de amplamente aceito em diversos estabelecimentos comerciais em todo o mundo.

Quem viaja é bom ter um cartão que seja bem aceito pelo comércio e que ainda lhe vantagens em descontos, duty free shop e sala vip em aeroportos.

– Programa de milhas: como funcionam?

Conheça melhor o cartão de crédito American Express The Platinum Card:

1 Visão Geral: Renda Mínima e Anuidade

O American Express The Platinum Card é um cartão cuja associação é feita somente mediante convite da própria AMEX, ou seja, normalmente clientes antigos: (a) dos cartões de outras categorias dessa bandeira – Green e Gold -, com bom volume de gastos; e (b) tanto aqui como em outros países em que o titular já tenha sido associado. Dessa forma, não há o requisito da “renda mínima”, usualmente exigido em outros cartões da série Platinum existentes no mercado.

A anuidade é uma das mais caras do mercado: R$ 810, pago em 3 parcelas de R$ 270 cada. Nesse ponto, aliás, ele difere do cartão American Express The Platinum Credit, já que este último sim, é isento de anuidade, o mesmo ocorrendo para os cartões adicionais. Porém, para manter a isenção de anuidade, é necessário uma compra no cartão, de qualquer valor, a cada três meses, sob pena de cobrança de uma taxa de inatividade de R$ 30,00 a qual é debitada no extrato de conta subseqüente ao término do período de 3 meses. Quanto ao cartão The Platinum Card, pelos comentários dos leitores, não há um programa de desconto progressivo da anuidade, como existe em alguns cartões similares, o que não deixa de ser lamentável, já que a anuidade é, como dissemos, uma das mais caras existentes.

Recentemente, a administração dos cartões da marca American Express passou a ser feita, no Brasil, pelo banco Bradesco.

2 Programa de Recompensas – Membership Rewards Turbo

O programa de recompensas dos cartões American Express se chama Membership Rewards. O Rodrigo escreveu, em julho do ano passado, um pequeno post sobre ele que gerou tantos comentários que acabou servindo de fonte de inspiração para que fosse criada, aqui no blog, essa série de artigos sobre cartões de crédito.

Cada dólar gasto no cartão de crédito gera um ponto no Membership Rewards. Entretanto, existe um programa melhorado, que se chama Membership Rewards Turbo, em que o cliente acumula 1,5 ponto a cada dólar, ou o equivalente em reais, gasto. A inscrição nesse programa Turbo é grátis, bem como é grátis a sua manutenção, pelo menos para os cartões The Platinum Card – titulares de outras versões do cartão AMEX pagam R$ 60 pela anuidade no programa Membership Rewards, e R$ 30 pela anuidade no Membership Rewards Turbo (além da anuidade do cartão…), sendo que a pontuação gerada pela participação no Turbo, para esses outros cartões, não é 1,5 ponto/dólar, mas sim 1,33 ponto, conforme as regras descritas no site da AMEX.

Os pontos acumulados podem ser trocados por diversos prêmios, dentre eles milhas aéreas em vários programas de fidelidade: o Smiles da Gol, o Fidelidade TAM e mais 6 empresas estrangeiras: Iberia, Delta, Continental, British Airways, Air France/KLM e Alitália. Em relação ao Smiles e ao Fidelidade TAM, há paridade total: 1 ponto Membership Rewards equivale a 1 milha Smiles. A paridade é total apenas para os cartões The Platinum Card, já que os de outras categorias (Green e Gold), a conversão obedece a um “deságio”, na proporção de 800 pontos no Fidelidade TAM para cada 1.000 pontos no Membership Rewards.

Os pontos são vitalícios, ou seja, nunca prescrevem, sendo essa uma das grandes vantagens do Membership Rewards. A fatura parcial pode ser consultada via Internet, tal qual em outros cartões, facilitando o controle de gastos.

Uma das facilidades do programa é a possibilidade de adiantamento de pontos, e equivalente a até 30% do total que o cliente tem em conta, sendo que o empréstimo de pontos está disponível somente em valores múltiplos de 1.000 pontos. A taxa pelo adiantamento de pontos é de R$ 28,00 a cada 1.000 pontos.

Segundo nos informou o leitor Adriano, é cobrada uma taxa administrativa de R$ 18 pela transferência de pontos do Membership Rewards para os programas de fidelidade aéreos.

3 Compras no Exterior e Fator de Conversão: Cotação Próxima à Dólar Turismo (Mais Alta)

Pois bem, aqui vai um alerta em relação ao AMEX para quem pretende usar o cartão para efetuar compras no exterior ou em sites estrangeiros e também para acumular pontos no programa de recompensas (para posterior troca por outros prêmios, incluindo milhas aéreas): para a conversão da fatura em reais, bem como para o cálculo dos pontos no programa de recompensas, o American Express utiliza uma cotação próxima ao do câmbio turismo, que é (consideravelmente) mais cara que a cotação do dólar comercial, usado pelas outras bandeiras (Visa e Mastercard).

4 Salas Vips em Aeroportos

Os titulares do cartão The Platinum Card têm acesso gratuito às Salas VIP Centurion Club – localizadas em seis aeroportos brasileiros, dentre os quais os de Guarulhos/SP, Galeão/RJ e Guararapes/PE, e também nos aeroportos da Cidade do México e de Buenos Aires – bem como às Salas VIP parceiras. Por exemplo, nos EUA, apresentando a passagem da Continental Airlines e o American Express Gold Card, é possível usar as salas President ClubSM da Continental Airlines, nos aeroportos de algumas cidades dos EUA e de outros países, conforme consta neste link.

5 Conclusão

O cartão The Platinum Card da AMEX só oferece uma taxa de conversão atraente se o cliente se inscrever no programa Membership Rewards Turbo, que dá direito a 1,5 ponto a cada dólar gasto. Os benefícios dos pontos que nunca expiram são vantajosos, mas se deve ter em mente que para a conversão dos gastos em pontos no programa de recompensas é utilizada uma cotação próxima à do dólar turismo (mais cara). Além disso, apesar de não exigir renda mínima, o cartão só pode ser obtido mediante convite, e mais, a AMEX convida somente pessoas que já são clientes antigos dos cartões de outras categorias da mraca, com elevado volume de gastos, o que ocasiona uma dificuldade adicional de acesso em obtê-lo.

Com informações do blog Aquela Passagem

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*