Início / Aviação / Comissário de Voo / Características dos comissários de bordo
stewardess1

Características dos comissários de bordo

A profissão de comissário de bordo, ou aeromoça para mulheres, surgiu em 1930 por reivindicação de uma mulher, Ellen Church.

Apaixonada por aviões e aviação, não podendo pilotar um avião por ser mulher, a enfermeira sugeriu à Boeing Air Transport que colocasse enfermeiras a bordo dos aviões para cuidar da saúde e segurança dos passageiros durante o voo. 

As primeiras aeromoças contratadas deveriam ser solteiras, não terem filhos, obedecer a um padrão de peso e altura e diversas exigências das empresas aéreas.

Além de tudo, o salário das aeromoças da época era baixíssimo. Contudo, a ideia fez sucesso e mulheres começaram a trabalhar como comissárias de bordo das aeronaves comerciais. As tripulantes passavam segurança aos passageiros mesmo sendo consideradas do “sexo frágil”.

Com a Segunda Grande Guerra, as enfermeiras foram convocadas para os campos de batalha, fazendo com que as linhas aéreas então começaram a colocar mulheres de nível superior a bordo, contudo sem perder o charme e a elegância, já que essa profissional representaria a empresa a bordo dos aviões comerciais.

História da Aviação

Aeromoças e comissários da Gol

Comissários de voo da Gol

A profissão cresceu em todos os países. No Brasil, trabalhar como comissário de bordo é uma forma de ascensão social e vale se de alguns anos bons da aviação brasileira, as passagens aéreas em promoção que favorecem o aumento no número de passageiros, aviões das cias aéreas, etc.

Funções do Comissário de Bordo

A partir do momento em que o passageiro entra no avião, a sua segurança e conforto são de responsabilidade do comissário de bordo.

O comissário demonstrará os procedimentos de emergência adotados pela empresa, fará o serviço de bordo e cuidará dos passageiros durante toda a viagem.

Um dia na vida de um comissário de voo

É importante também que o comissário de bordo esteja sempre alerta, com seu grau de consciência situacional atento.

O comissário de bordo deve estar preparado para trabalhar em horários incomuns e ter a comunicação como ferramenta em suas funções. A comunicação entre a tripulação é essencial para a segurança de voo.

Pilotos e comissários de bordo da LATAM | Foto: Aeroflap

Pilotos e comissários de bordo da LATAM | Foto: Aeroflap

– Como ser comissário de bordo: início, salário, vida…

– Curso de comissário de bordo, idiomas e visto para voos internacionais…

– Profissão comissário de bordo: o dia a dia na vida do tripulante!

Algumas das características do comissário de bordo estão o autocontrole, boa saúde, capacidade de adaptação a novas situações, capacidade de comunicação, capacidade de decisão, capacidade de lidar com o público, desembaraço, discrição, equilíbrio emocional, firmeza, assertividade, gosto por servir, habilidade para mediar conflitos, iniciativa, paciência, responsabilidade e simpatia.

Lembrando que sempre há a figura do líder de cabine ou chefe de cabine, o comissário chefe do voo que deverá liderar a equipe de comissários para um voo seguro e garantindo o bem-estar de todos a bordo – tripulação técnica, tripulação comercial e passageiros.

O comissário estará sujeito a diversos fatores agressivos ao organismo, como a pressurização da aeronave, aceleração e  desaceleração, horários de trabalho diversos e diferenças de temperatura, razão pela qual se exige uma boa saúde, devendo o aeronauta fazer exames periódicos em hospital da aeronáutica ou clínica médica homologada para validar seu CMA – Certificado de Medicina Aeronáutico (saiba como tirar!).

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*