Início / Viagens / Bariloche, na Argentina – dicas de turismo na capital do inverno na América do Sul
Bariloche

Bariloche, na Argentina – dicas de turismo na capital do inverno na América do Sul

San Carlos de Bariloche, na Patagônia Argentina, dada sua localização privilegiada entre florestas e montanhas, é conhecida no mundo todo pela neve que faz a alegria dos turistas, especialmente os vizinhos brasileiros que somaram, nos últimos 10 anos, mais de 300 mil.

“Há um período do inverno em que, carinhosamente, nossa cidade é chamada de Brasiloche”, diz Piquin.

Neste ano, as primeiras nevascas já pintam de branco, desde meados de abril, os pontos mais altos da cidade, moldando cenário e trazendo o prenúncio de uma grande temporada de neve: há quase um mês, a temperatura se mantém muito baixa todas as noites, com média de -4°C.

Viagem na América do Sul: roteiros e destinos

O que fazer em Bariloche, Argentina?

Investimentos no Lago Nahuel Huapi e em toda a cidade, novas cervejarias e restaurantes, hotéis renomados e festas são as principais novidades para a temporada.

Neste ano, os passeios no lago terão um novo barco, o mais moderno catamarã da Argentina: trata-se do Gran Victoria. Com capacidade para 250 passageiros, percorrerá em uma hora o trajeto Puerto Pañuelo e Puerto Blest com uma navegação muito agradável e confortável, com serviços de bordo e com um diferencial: as paradisíacas paisagens que a cidade oferece.

Outra novidade é a reinauguração do Hotel Blest. Construído em 1904, com instalações renovadas em um ambiente natural e deslumbrante, sem dúvida, é uma das promessas deste inverno. Foi transformado em um hotel butique, onde a natureza, a história e a modernização se destacam, oferecendo uma experiência inesquecível aos visitantes.

A infraestrutura urbana também apresenta novidades: a tradicional Rua Mitre está renovada e apresentará um visual ainda mais bonito. Os turistas serão testemunhas desta modificação que tem como objetivo transformar o coração de Bariloche – Argentina, em um espaço moderno e com identidade local.

Além disso, uma das mais tradicionais chocolaterias da cidade ganha um novo endereço, em pleno centro da cidade.

Considerando um dos grandes atrativos, o grande circuito de cervejas artesanais de Bariloche –  Argentina, ganha novos locais e propostas. Uma nova fábrica de cerveja será inaugurada neste inverno, se confirmando como uma das principais novidades em matéria de gastronomia. Já são mais de 20 estabelecimentos que oferecem a bebida e a cidade soma cinco fábricas artesanais.

Como todos os invernos, em agosto, a Festa Nacional da Neve marca o ponto alto da temporada e celebra o inverno com eventos típicos como o concurso de machados, corrida, desfiles, shows musicais e a eleição da rainha da neve.

A montanha

O Cerro Catedral oferece atividades para toda a família e as melhores pistas de esqui. Além disso, esta temporada apresenta uma renovada plataforma para otimizar as compras online e um aplicativo para rastrear e compartilhar todos os detalhes das férias em meio a montanha.

Com 2.180 metros de altura, o Catedral é a maior estação de esqui de Bariloche e da América do Sul. Aberto entre segundas e sábados, das 9h às 17h, possui 120 km de área esquiável com 40 tipos de elevação em 60 pistas que agradam iniciantes, intermediários, avançados e até experts na prática esportiva.

Dicas para esquiar no Valle Nevado, no Chile

Cerro Otto: uma experiência 360°

Depois de percorrer 5 km a partir da Avenida de los Pioneros, no centro de Bariloche, se chega ao Cerro Otto. O Teleférico Cerro Otto é uma das atrações mais escolhidas pelos turistas que desembarcam todo o ano na cidade.

O complexo conta com uma exclusiva confeitaria que gira lentamente e permite ao visitante desfrutar de uma vista 360°. No lugar, há uma galeria de arte que conta com esculturas das obras do artista Miguel Ángel Buonarroti (modeladas diretamente das originais e certificadas pelo governo da Itália).

O complexo ainda contará, a partir desta temporada, com um renovado espaço infantil e um terraço panorâmico desenhado especialmente para que as crianças possam se divertir com jogos e brincadeiras.

Quando chega a neve, o deslizamento com trenós por pistas com curvas de mais de 300 metros de extensão e caminhadas com raquetes pela floresta são as principais atrações turísticas.

Ao finalizar a temporada, essas pistas ganham material vinílico e a atividade se realiza no Otto Karts, imensos anéis de borracha infláveis no estilo canadense. Uma vez que se chega ao final das pistas e para desfrutar ainda mais da montanha, é possível subir novamente até a largada no novo Funicular de la Cumbre, um moderno sistema de transporte que leva os aventureiros de vota o topo da montanha.

Mais Informações: www.barilocheturismo.gob.ar

Deixe um comentário

O seu email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*